Segunda-feira, 23 de Maio de 2011
da leitura

acabei de ler "Um dia" na praia. faltavam-me oito páginas, que andava a moer porque já sabia que o final era triste. pensei que ali, em frente ao mar, debaixo de um lindo sol de fim de tarde, não custaria tanto chegar à última página. mas custou, porque inevitavelmente a nossa experiência e a nossa vida tocam sempre (ao de leve ou não) alguma frase, parágrafo ou capítulos inteiros dos livros que escolhemos para nos acompanhar.

 

em espera tinha vários, escolhi este. leitura fácil. fácil demais. mas viciante. os clichés sucedem-se. mas as verdades relativas da vida de todos os dias também lá estão. e enerva-me não gostar da história por ser uma sucessão de frases feitas e lugares comuns, mas ao mesmo tempo não conseguir parar de ler por me sentir próxima daquelas personagens.

 

não recomendo para já. demasiado light e infeliz. para já...


tags:

publicado por Uma história por dia às 18:58
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Di a 24 de Maio de 2011 às 21:30
acho que foram essas as páginas que não li. "um dia" talvez as leia. mas hoje, simplesmente não é o dia...


De Uma história por dia a 25 de Maio de 2011 às 12:05
lê, sempre ficas a perceber que afinal eles foram mesmo felizes :)


Comentar post

.mais sobre mim
.Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

21

22
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. medo de perder

. long ago

. da tristeza

. hoje

. da simplicidade

. escolhas

. mood

. my valentine

. a curva da felicidade

. love

.arquivos

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.tags

. todas as tags

.links
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds