Quarta-feira, 11 de Maio de 2011
last night

reencontrar um amor do passado pode ser doloroso. sobretudo quando o amor ainda existe e, por uma ou outra razão, teve de ser afastado, escondido, esquecido.
há dias que queria escrever sobre este filme. mas a proximidade que me traz, as memórias que reaviva, tornam difícil essa tarefa. é difícil falar do que não se esqueceu, do que ao mínimo gesto ou meia palavra nos recorda tudo de novo. é difícil principalmente quando se quer esquecer e o tempo não torna a tarefa mais fácil.

há um momento no filme particularmente intenso. é um abraço, apenas isso. um abraço à porta de um hotel. um abraço que é uma despedida. um abraço que me fez chorar. um abraço que eu conheço e que me emociona todas as vezes que o recordo. um abraço que é saudade. e o filme resume-se ali. a vida por estes dias também.

 



publicado por Uma história por dia às 13:59
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim
.Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

21

22
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. medo de perder

. long ago

. da tristeza

. hoje

. da simplicidade

. escolhas

. mood

. my valentine

. a curva da felicidade

. love

.arquivos

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

.tags

. todas as tags

.links
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds